Projeto Integra SP


PROJETO INTEGRA SP

 RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS POR GRANDES EROSÕES – RADGE

 

BENEFICIÁRIOS:

 Produtores rurais do Estado de São Paulo, que atendam simultaneamente os seguintes requisitos:

  • Possua um Plano Integral da Propriedade específico (PIP – RADGE), elaborado por técnico dos quadros próprios da CATI, que contenha minimamente a ocupação do solo, diagnóstico do(s) sistema(s) de produção adotado(s), identificação e qualificação da ocorrência de área degradada;
  • Tenha inscrição estadual de produtor rural;
  • Que a propriedade beneficiada com o incentivo esteja localizada em município/microbacia selecionada pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento em função do estado de degradação do solo e da água, da             vulnerabilidade social e da rentabilidade das explorações.

 

ABRANGÊNCIA:

Todo o Estado de São Paulo.

  • : São linhas de apoio complementares e independentes.

 

MODALIDADE DE APOIO:

 Será na forma de subvenção econômica por intermédio do FEAP/BANAGRO, correspondente ao reembolso parcial das despesas efetuadas pelos produtores rurais na adoção das práticas recomendadas;

 

VALOR MÁXIMO DE SUBVENÇÃO POR BENEFICIÁRIO:

Até R$ 25.000,00, após conclusão do Projeto, respeitados os seguintes percentuais:

  • Até 90% para os pequenos produtores rurais = até 4 módulos fiscais;
  • Até 85% para os médios produtores rurais = acima de 4 até 10 módulos fiscais;
  • Até 75% para os grandes produtores rurais = acima de 10 módulos fiscais.

 

COMO OBTER A SUBVENÇÃO:

O produtor deve procurar uma Casa de Agricultura / Coordenadoria de Assistência Técnica Integral – CATI para obtenção de prévia autorização da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, por intermédio da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral – CATI, para a elaboração dos projetos executivos e acompanhamento técnico da execução por terceiros das práticas recomendadas, bem como pelo recebimento técnico das obras e/ou serviços.