São Paulo ganha espaço no 28º Prêmio Ernesto Illy de Qualidade Sustentável do Café para Espresso

Postado em: 05/04/2019 ás 14:48 | Por: Paloma Minke

A cafeicultora paulista Maria Lucia Andrade ficou em 5º lugar na competição e foi responsável pela melhor colocação na categoria regional.

Secretário Gustavo Junqueira discursa na abertura do evento

O Prêmio Ernesto Illy é a maior iniciativa de valorização da cafeicultura brasileira e sua 28º edição aconteceu nesta quinta-feira, dia 04, na Zona Sul de São Paulo. O secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado, Gustavo Junqueira, discursou na abertura do evento, que reuniu grandes nomes do agronegócio no país, e parabenizou as duas produtoras paulistas que foram finalistas na disputa pelo prêmio: Maria Lucia Andrade, que ficou em 5º lugar, e Daniella Romano Pelosini, a vice colocada estadual.

Os três vencedores gerais foram Carlos Alberto Leite Coutinho, da região Centro-Oeste, e os produtores mineiros Elmiro Alves do Nascimento e José Pedro Marques de Araujo, que representarão o Brasil no 4º Prêmio Ernesto Illy Internacional, em outubro, em Nova York. A cerimônia de premiação contou com a presença de Andrea Illy, presidente da illycaffè, que falou sobre o atual momento e o futuro da cafeicultura, reforçando o conceito de qualidade sustentável, pilar da empresa e amplamente trabalhado por ela junto a seus fornecedores.

Gustavo Junqueira, secretário de Agricultura de São Paulo, destacou a importância do café no Brasil, que detém 33% da produção mundial, sendo o estado de Minas Gerais o principal produtor do país. Segundo ele, estima-se que na safra de 2019 sejam produzidas quase 5 milhões de sacas de café no Estado. “Temos que incentivar pesquisas, buscar inovação, produzir de forma sustentável, levando em conta os três pilares: econômico, social e ambiental”, afirmou Junqueira.

Tudo isso, de acordo com o secretário, demanda a profissionalização do produtor. “O setor deve produzir baseado na demanda existente e com um destino específico. A celebração de contratos de compra e venda, por exemplo, gera segurança ao produtor, garantindo preços estáveis e facilitando o acesso do produtor ao crédito. Nossa visão de governo tem o liberalismo econômico, o empreendedorismo, o incentivo a inciativas privadas e, por sua vez, o desenvolvimento econômico e social do Estado como principais pilares”, completou.

Galeria do Flickr

Nenhuma imagem disponível.

Galeria do Site

Nenhum áudio disponível.

Informações:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo
(11)5067-0069

Acompanhe a Secretaria: