Revista científica do IB conquista classificação de qualidade na área de Ciências Agrárias

Postado em: 17/02/2017 ás 9:29 | Por: Comunicação SAA

O periódico científico Arquivos do Instituto Biológico (AIB), editado pelo Instituto Biológico (IB-Apta), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, conquistou o estrato B1 na área de Ciências Agrárias do Qualis-Periódicos. A classificação mostra a qualidade da publicação científica do IB, que busca contribuir para o desenvolvimento das ciências agrárias brasileira.

De acordo ccom Silvia Galleti, editora-chefe da AIB, a melhora do Qualis-Periódicos da revista tem impacto direto nos cursos de pós-graduação que, para serem bem classificados, precisam de um periódico científico com qualidade elevada para divulgar seus resultados. “O Qualis-Periódicos tem como base as informações fornecidas, anualmente, pelos programas de pós-graduação. Esperamos que a melhora da classificação da AIB tenha impactos positivos nos programas de pós-graduação em ciências agrárias, pois seus alunos terão mais uma opção de publicação bem classificada”, explica.

O Qualis-Periódicos é um sistema usado para classificar a produção científica dos programas de pós-graduação no que se refere aos artigos publicados em periódicos científicos. A classificação é realizada pelos comitês de consultores de diversas áreas e segue critérios gerais e específicos para cada uma delas.

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) adota um escalonamento de periódicos identificando-os em ordem decrescente de relevância para cada área de avaliação. Desta forma, há períodos avaliados em A1, A2, B1, B2, B3, B4 e B5. “A categorização dos periódicos entre A1 e B1 é a mais valorizada e vista com superioridade, proporcionando melhor visibilidade científica aos autores dos artigos, aos programas de pós-graduação e aos periódicos detentores desse rótulo. Esperamos ter outras boas novidades para este ano, quando todo o conjunto será novamente atualizado pela Capes”, afirma Silvia.

A revista científica Arquivos do Instituto Biológico é um periódico de acesso a aberto e, desde 2015, tem fluxo contínuo. Editada desde 1928 pelo Instituto Biológico, a revista publica artigo de estudantes de pós-graduação, pesquisadores e grupos de pesquisa de todo o Brasil, escritos em português, inglês e espanhol. Cerca de 150 artigos são recebidos anualmente pelo comitê editorial da revista, sendo que 60 deles são publicados.

“Estamos trabalhando na internacionalização da revista, com o objetivo de receber submissões de artigos escritos por pesquisadores do exterior. Para isso, estamos enviando uma apresentação sobre a AIB para os pesquisadores estrangeiros que já publicam no Brasil. A ideia é que neste ano os pesquisadores do IB que fizeram pós-graduação no exterior nos auxiliem na divulgação internacional do periódico”, explica Silvia.

A AIB é indexada nas bases de dados SciELO, Lilacs, Latindex, Directory Open Acess Journal (Doaj) e BVS-Vet. “A adoção do Digital Object Identifier (DOI) em todos os seus artigos publicados, a submissão de cada manuscrito a um detectos de similaridade e a adoção de um sistema de gerenciamento online são medidas que a AIB vem adotando nesses últimos anos e que lhe trouxeram o merecido reconhecimento acadêmico”, diz a editora-chefe.

Para o secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, a conquista reflete o trabalho de excelência realizado pelo Instituto Biológico. “As revistas científicas são uma importante forma de se comunicar com o meio científico. Valorizar essas publicações é também valorizar a pesquisa científica como um todo, uma recomendação do governador Geraldo Alckmin”, afirma.

Por Fernanda Domiciano

Assessoria de Imprensa – Apta

(19) 2137-8933

Galeria do Flickr

Nenhuma imagem disponível.

Galeria do Site

Nenhum áudio disponível.

Informações:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo
(11)5067-0069

Acompanhe a Secretaria: