Região de Campinas é o centro do conhecimento agropecuário do País, diz Arnaldo Jardim

Postado em: 28/08/2015 ás 14:29 | Por: erick

encontro_campinasA Região Metropolitana de Campinas é o maior polo de conhecimento técnico e de inovação na área agropecuária no País, pois reúne os principais centros de pesquisas da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. Quem afirmou foi o secretário, Arnaldo Jardim, durante a abertura do 1º Encontro de Produtores Rurais de Campinas e Região, realizado na sede do Instituto de Tecnologia dos Alimentos (Ital), em Campinas, na quinta-feira, (27). 

“A Secretaria de Agricultura e Abastecimento fomenta e desenvolve o agronegócio paulista com base nas premissas sociais, econômicas e ambientais, que são as diretrizes determinadas pelo governador Geraldo Alckmin”, complementou o secretário.

A região de Campinas abriga seis sedes de trabalho da Secretaria de Agricultura, como a Agência Paulista de Tecnologia Agropecuária (Apta), com seus centros de pesquisas:  Instituto Agronômico (IAC), de Campinas, o Instituto de Zootecnia e Ital, além das Coordenadorias de Defesa Agropecuária (CDA) e de Assistência Técnica Integral (Cati). “O estado de São Paulo já foi o maior polo de produção do País, mas hoje somos o maior centro de produção ode conhecimento do agronegócio”, afirmou Arnaldo Jardim.

O secretário enalteceu também a importância do pequeno agricultor para o agronegócio.  “O agricultor familiar é pequeno na sua extensão, mas é intenso do ponto de vista da atividade e deve ser campeão de produtividade. Deve estar à frente das inovações que surgem e é este o nosso compromisso: fomentar a agricultura familiar, para que seja cada vez mais eficiente, que busque permanentemente a inovação, para que tenha excelência no trato com novos cultivares, para que tenha ineditismo nos novos equipamentos, que tenha ousadia nos métodos de produção e que seja também solidária do ponto de vista da sua organização para poder oferecer ao consumidor produtos de melhor qualidade, com menor custo e de uma forma mais ágil”, afirmou.

Arnaldo Jardim destacou o trabalho do cooperativismo para o fomento do setor. Ele lembrou do Projeto Microbacias II – que teve a 6ª Chamada Pública encerrada no último dia 26 – que possibilitou o aumento das oportunidades de emprego e renda para os agricultores familiares.

“As ações desenvolvidas por meio do Microbacias II são de fundamental importância, pois criam melhores condições para os produtores, em especial os pequenos produtores, e já beneficiou mais de 6 mil famílias em todo o Estado, com mais de R$ 88 milhões e queremos continuar fomentando esses planos já em andamento e principalmente os novos projetos que ajudam na colheita do produtor e reduz custo”, ponderou o secretário.

O prefeito da cidade de Campinas, Jonas Donizette, enalteceu o trabalho da Secretaria de Agricultura para o desenvolvimento do agronegócio por meio da pesquisa e inovação tecnológica. “O produtor rural precisa de infraestrutura, conhecimento e políticas públicas para gerar renda e garantir o seu sustento. Esse encontro de produtores e profissionais tem por objetivo, debater o setor para criar novas perspectivas para o agronegócio, que mesmo diante a atual conjuntura econômica, se mostra promissora e valorizada. Precisamos fazer com que a sociedade urbana conheça a importância do homem do campo para o seu dia a dia”, afirmou o prefeito.

Para o presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural e do Agronegócio, Amauri Dimarzio, que coordenou o evento, a principal necessidade é a de manter o produtor no campo com qualidade de vida. “O produtor tem sempre muitas preocupações e, para que seus sucessores se interessem em dar continuidade aos trabalhos, eles precisam perceber o quanto a atividade pode ser rentável e corresponder à tecnologia tão usada nos centros urbanos”.

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (Faesp), Fábio de Salles Meirelles, disse que o trabalho da prefeitura de Campinas com a Secretaria de Agricultura ajuda o setor a buscar mais incentivos aos agricultores. “É muito importante porque integra um processo econômico também com as atividades urbanas. Isso avança a agricultura, aprimora a produção e faz com que aumente a produtividade com qualidade para abastecer melhor o mercado e ainda buscar o exterior”, ressaltou.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Social e Turismo de Campinas, Samuel Rossilho, o evento é importante para fortalecer a agricultura da região. “É um privilégio receber esse Encontro, principalmente porque ele não pensa só em Campinas, mas em toda a região”, disse.

Organizado pela Prefeitura de Campinas, com o apoio institucional da Secretaria de Agricultura, o encontro segue nesta sexta-feira, (28) debatendo as questões rurais, a fim de incentivar a produção rural no interior paulista. O evento marcou também a celebração dos 50 anos do Sindicato Rural de Campinas.

 

Para ver mais imagens do evento clique aqui.

Por Paulo Prendes

Mais informações:
Assessoria de imprensa - Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo
Tel.: (11) 5067-0069
saacomunica@sp.gov.br

Galeria do Flickr

Nenhuma imagem disponível.

Galeria do Site

Nenhum áudio disponível.

Informações:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo
(11)5067-0069

Acompanhe a Secretaria: