Projeto Guaraipo – último módulo de capacitação em educação ambiental deste ano abordará as hortas escolares

Postado em: 22/11/2021 ás 11:39 | Por: Assessoria de Comunicação

Será amanhã, terça-feira, dia 23 de novembro, a partir das 14h30, com três horas de duração, o IV Módulo do Projeto Guaraipo, capacitação fruto da parceria entre a Secretaria de Agricultura e Abastecimento, por intermédio da Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável (CDRS/CATI) e a Comissão Interinstitucional de Educação Ambiental (CIEA). Este será o último módulo deste ano e abordará o tema “Educação Ambiental e Alimentar com as crianças nas hortas nas escolas”.

O Projeto Guaraipo, nome da abelha sem ferrão, Guaraipo, uma melípona nativa do Brasil, “é uma proposta institucional e metodológica de planejamento e execução de atividades educativas, de caráter socioambiental, voltadas a diversos públicos e correlacionadas com as missões da CATI/CDRS e da CIEA”, explica Osmar Mosca Diz, engenheiro agrônomo que participa, junto com a nutricionista Beatriz Cantusio Pazinato, ambos da Divisão de Extensão Rural (Dextru), e a bióloga Martha Garcia do Centro de Treinamento (Cetate) unidades da CATI/CDRS da coordenação que conta ainda com extensionistas das Casas da Agricultura de Avaré, Botucatu, São Pedro, Registro e Ubatuba.

Criado este ano, o Projeto Guaraipo reúne representantes de diversos órgãos públicos, comitês de Bacias Hidrográficas, entidades da sociedade civil, especialistas de instituições de ensino superior, entidades de classe e outros. “No âmbito da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, atende a necessidade de formação continuada dos extensionistas da CATI visando o aprimoramento profissional para melhor servir à comunidade beneficiária nessa importante área do conhecimento”, explicam Osmar Diz e Beatriz Cantusio. As etapas da capacitação continuada incluem planejamento, execução, acompanhamento e registro de atividades.

Mas qualquer pessoa que tenha interesse pode participar deste módulo que contará com a participação de Osmar Mosca Diz, que abordará o projeto “Fazendinha Feliz”, desenvolvido em área da sede da Secretaria de Agricultura e Abastecimento – CATI, em Campinas que compreende uma horta com plantas medicinais e aromáticas além de outras, meliponário, e serve de palco para várias atividades desenvolvidas pela extensão rural. Maria José Figueiredo Ávila, orientadora pedagógica da Prefeitura Municipal de Campinas, Mestra em Educação e integrante do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação e Diferenciação Sócio-Cultural, será outra palestrante, além do professor Paulo de Jesus Julião, também orientador pedagógico do Centro de Educação Infantil CEI Cha II Sun e Regente Feijó, ambos da rede municipal de ensino de Campinas.

Para participar, basta acessar o YouTube/cdrs pelo link https://youtu.be/y3eZSpzTJsk,    no horário marcado (14h30), e se houver interesse nos temas dos módulos anteriores poderá encontrar todo o conteúdo e discussões no YouTube da CATI/CDRS.

Os módulos anteriores tiveram como temas “Direito Ambiental, uma abordagem voltada à Educação Ambiental”, realizado no dia 29 de setembro. Em 10 de outubro, o tema foi “Agroecologia e a visão sistêmica da propriedade rural”; no dia 25 de outubro “Educando com as abelhas nativas do Brasil”. As áreas de atuação abrangem, ainda, “Educando com a água”, “Educando com a Terra”, “Educando com as florestas”, “Educando com a saúde integral das pessoas”, “Educando com as hortas escolares”, “Educando com os sistemas produtivos”, “Educando com as abelhas nativas” e “Educando com os povos tradicionais”.

NO próximo ano, 2022, novos módulos estão previstos para acontecer dentro da proposta de educação continuada, em especial para os extensionistas da rede da CATI, mas também a todos os interessados em participar e saber mais.

Graça Moreira D’Auria

Galeria do Flickr

Nenhuma imagem disponível.

Galeria do Site

Nenhum áudio disponível.

Informações:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo
(11)5067-0069

Acompanhe a Secretaria: