No Dia do Agricultor, governador Geraldo Alckmin entrega equipamentos do Microbacias II e homenageia produtores em Adamantina

Postado em: 29/07/2016 ás 12:12 | Por: Comunicação SAA

Governador Geraldo Alckmin se reúne com produtores rurais em Adamantina, durante Dia do Agricultor (foto: João Luis)O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o secretário de Agricultura e Abastecimento, Arnaldo Jardim anunciaram uma série de medidas para fomentar o agronegócio paulista, durante evento em comemoração ao Dia do Agricultor, em Adamantina, nesta quinta-feira, dia 28 de julho de 2016.

"São Paulo sempre foi a vanguarda da produção agropecuária e hoje divide esta posição com outros Estadods, mas o Governo nunca permitiu ou permitirá que o Estado deixe de ser o centro da inovação tecnológica, do conhecimento. Quem salva a lavoura, faz a diferença é a agricultura", afirmou o governador.

Na oportunidade, foram entregues obras e equipamentos do Projeto Rural de Desenvolvimento Sustentável – Microbacias II – Acesso ao Mercado a cinco associações, beneficiando dezenas de pequenos produtores, anunciou o início do Levantamento Cadastral das Unidades Agropecuárias (Lupa) do ano agrícola 2016-2017, e entregou as chaves do trator de número seis mil adquirido por meio do Programa Pró-Trator.

Uma delas foi o packing house para alimentos minimamente processados, que beneficiará cerca de 230 famílias de agricultores ligadas à Associação Passiflora de Produtores Rurais de Adamantina e Região (Apprar). Contemplados na 2ª chamada do Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável – Microbacias II – Acesso ao Mercado, os produtores rurais da Apprar terão maior agilidade para processar e embalar cerca de 500 quilos por hora de verduras e legumes, que poderão ser comercializados prontos para o consumo.

"A melhor forma de comemorar o Dia do Agricultor é ser parceiro dele, por meio de programas como o Microbacias II, que fortalece o associativismo e o cooperativismo. O produtor pode ter uma renda melhor, agregar valor ao seu produto. Aqui na Apprar, o equipamento permite que o produtor dê um passo a mais na cadeia produtiva, entregando produto embalado, pronto para consumo", disse o governador, que homenageou os agricultores ao entregar certificados aos produtores Valdineia Aparecida Fretini Testa e o presidente da Apprar, Antônio Manzano.

O secretário Arnaldo Jardim ressaltou a importância do homem do campo, que tem segurado a economia diante da crise. "São Paulo sempre foi a vanguarda da produção agropecuária e hoje divide esta posição com outros Estados, mas o governador nunca permitiu ou permitirá que deixe de ser o centro da inovação tecnológica, do conhecimento e desenvolvimento do setor. Quem tem feito a diferença no Brasil é a agricultor. A agricultura está segurando o emprego e ajudando o País no terceiro ano consecutivo de crise ", disse.

O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o secretário de Agricultura e Abastecimento, Arnaldo Jardim anunciaram uma série de medidas para fomentar o agronegócio paulista, durante evento (foto: João Luis)Para o prefeito de Adamantina, João Eduardo Barbosa Pacheco, “as atividades do agricultor têm permitido ao País sobrepujar os desafios e dificuldades econômicas, gerar empregos e desenvolvimento”.

"Todos os dias de nossa vida precisamos do agricultor, que nos fornece alimento e outros produtos. Nossas homenagens aos homens e mulheres que trabalham no campo, mostram sua força e contribuem para o País”, comemorou o deputado estadual Ed Thomas, que falou em nome dos parlamentares presentes.

Para o presidente da Apprar, Antônio Manzano, a estrutura permitirá à organização atender a uma nova tendência do mercado consumidor. “O alimento minimamente processado supre uma necessidade das famílias brasileiras, pois hoje tanto as mulheres como os homens trabalham e têm cada vez menos tempo para se alimentar de forma saudável. Nosso produto garantirá facilidade, pois é só abrir a embalagem e ter um alimento fresco, higienizado e de qualidade”, observou o produtor, que há 68 anos mora na região.

 Packing House

Com uma área de 450 metros quadrados, o packing house da Apprar inaugurado pelo governador conta com a mais moderna estrutura para a higienização e processamento das olerícolas, em acordo com a Norma NR12, em atendimento ao Ministério de Agricultura, Abastecimento e Pecuária (Mapa) e à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“Pelo Microbacias II, o Governo paulista cria melhores condições de negociação pelo produtor, que pode agregar valor àquilo que é resultado do seu esforço, do seu suor”, comentou Arnaldo Jardim ao visitar as instalações. No total, foram investidos R$ 1.165.610,70, sendo R$ 800.000,00 do valor apoiado pelo Governo paulista pelo Microbacias II, com recursos do Banco Mundial, e a contrapartida de R$ 365.610,70 da Apprar.

Com uma área de 450 metros quadrados, o packing house da Apprar inaugurado pelo governador conta com a mais moderna estrutura para a higienização e processamento das olerícolas (foto: João Luis)Após uma primeira lavagem das verduras e legumes ainda na área externa do barracão, os produtos passam pela pré-higienização pelo sistema de borbulhamento, que garante uma lavagem muito mais eficiente e a esterilização com dióxido de cloro a 5ºC, processo que garante maior vitalidade às folhas.

“O equipamento tem um sensor para equilibrar a dosagem do agente de acordo com o volume de água, garantindo que o alimento fique livre de fungos e bactérias. Nessa etapa, as verduras já podem ser consumidas puras”, observa o presidente da associação. Em seguida, a produção é encaminhada para uma das três máquinas com diferentes tipos de corte e um novo processo de lavagem que garante a eliminação de líquidos que reduzam sua conservação.

Na última etapa, os produtos passam por uma centrífuga, são pesados e embalados a vácuo, sendo imediatamente acondicionados nas câmaras frias de resfriamento ou de congelamento, que ficam instaladas dentro do próprio packing house. “Todo o processo garante um tempo de prateleira de 20 a 21 dias aos produtos no mercado”, explica o engenheiro Marcos Kosa, da Valmaq, fornecedora de toda a linha de equipamentos. A estrutura ainda é equipada com ar condicionado, que garante não só o conforto dos trabalhadores no local como atende às normas de higiene e processamento de verduras e legumes.

Além dos equipamentos do packing house, a Associação adquiriu lavador de botas e mãos; caixas plásticas; caminhão com baú isotérmico para transporte da produção, bem como um microcomputador e impressora multifuncional a laser; móveis para escritório e todo o suporte e assessoria técnica para a elaboração de Plano de Marketing e de Negócios.

Também foi realizada a entrega de veículos e equipamentos a produtores rurais da região contemplados com as ações do Microbacias II: caminhão isotérmico com capacidade para o transporte de nove toneladas de produtos, à Associação Agropecuária de Flora Rica (Aafrica); caminhão com tanque isotérmico à Associação dos Produtores de Leite do Município de Adamantina e Região (Aplemar); dois caminhões com tanque isotérmico à Associação dos Produtores Rurais de Dracena (APRD); caminhão e carroceria tipo baú à Cooperativa Agrícola de Junqueirópolis  (Coopaj); e trator com 60 cavalos de potência, uma derriçadeira de café e um triturador de galhos à Associação de Produtores Rurais de Osvaldo Cruz (Aproc).

Anunciado

Geraldo Alckmin também entregou as chaves do trator de número 6.000 do Programa Pró-Trator, adquirido pelo produtor Luiz Mário Garcia Lopes, por meio do Feap (Foto: João Luis)Na oportunidade, Geraldo Alckmin também entregou as chaves do trator de número 6.000 do Programa Pró-Trator, adquirido pelo produtor Luiz Mário Garcia Lopes, por meio do Fundo de Expansão do Agronegócio Paulista (Feap), da Secretaria. "O Pró-Trator oferece ao produtor mais do que o equipamento com juros zero, pois não tem correção monetária, ou seja, o produtor não paga a mais. E ainda garante dois anos de carência e mais seis para que ele pague, dando maior produtividade e tranquilidade para ele trabalhar", afirmou o governador.

Geraldo Alckmin também anunciou que a Secretaria iniciará a atualização do Levantamento Censitário das Unidades de Produção Agropecuária (Lupa) no dia 1º de agosto, permitindo fazer um melhor planejamento dos projetos e ações voltados ao setor, o que representará um estímulo às atividades agrícolas.

O governador e o secretário também descerraram a placa de inauguração do escritório da Inspetoria de Defesa Agropecuária (IDA) de Dracena, que realiza atividades de inspeção e fiscalização na região. A unidade pertence ao Escritório de Defesa Agropecuária (EDA) de Dracena.

Também participaram do evento os secretários de Estado de Turismo, Romildo Campello; e da Justiça e da Defesa da Cidadania, Márcio Elias Rosa; o titular da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati), José Carlos Rossetti; o deputado estadual Cássio Navarro; o diretor técnico do Escritório de Desenvolvimento Regional (EDR) de Dracena, Luiz Alberto Pelozo; o representante da Assistência Técnica da Secretaria, José Luiz Fontes; o chefe da Casa da Agricultura de Adamantina, Mauricio Konrad; o diretor técnico substituto do Escritório de Defesa Agropecuária (EDA) de Dracena, Marcelo Kenji Yoshida; e o chefe da Inspetoria de Defesa Agropecuária (IDA) de Dracena, Danilo de Souza Peloso.

Por: Paloma Minke

Fotos: João Luiz

 

 

Galeria do Flickr

Nenhuma imagem disponível.

Galeria do Site

Nenhum áudio disponível.

Informações:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo
(11)5067-0069

Acompanhe a Secretaria: