Microbacias II é tema de palestra na Agrifam 2015

Postado em: 01/08/2015 ás 17:36 | Por: Comunicação SAA

19993013198_cd2b4b2099_z“Nosso objetivo é capacitar o produtor, criar oportunidades, agregar valor e facilitar a comercialização dos produtos”, disse o secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, na abertura palestra sobre o Projeto Microbacias II- Acesso ao Mercado, com foco na 6ª Chamada Pública para que associações e cooperativas apresentem a intenção de participar, realizada no auditório da Feira. O encontro com produtores é uma constante na agenda do secretário durante a Agrifam 2015, em Lençóis Paulista, para onde o Gabinete foi transferido até o final do evento. A palestra foi organizada pela Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati), a palestra tem objetivo de esclarecer duvidas.

Foram abordados a regularização das associações e ou cooperativas, investimentos, plano de negócio e gestão da produção. A Secretaria de Agricultura, por meio da Cati oferece apoio ao produtor rural na busca pela melhoria da competitividade agrícola com apoio as iniciativas de negócio. João Brunelli Jr., coordenador do Microbacias II, explica que a Projeto visa incentivar a organização dos produtores para que eles possam a atender as demandas no pós-porteira.

O deputado Davi Zaia, que também participou da palestra destacou o apoio da Frente Parlamentar de Apoio à Extensão Rural. “Sabemos das necessidades e procuramos sempre discutir as demandas da extensão rural. Por meio da secretaria de Agricultura, os pequenos produtores recebem todo apoio técnico para o desenvolvimento de suas atividades. Por outro lado, na Assembleia, ofertamos todo amparo legislativo para continuar este importante trabalho”, declarou.

Arnaldo Jardim destacou os avanços do Microbacias II no desenvolvimento rural sustentável, e enfatizou a determinação do governador Geraldo Alckmin de impulsionar à agricultura familiar.  “O Micobracias II é um projeto emancipador, onde o produtor recebe orientação adequada para criar um plano de negócios que vai agregar valor a produção e aumentará sua renda”, explicou.

Estavam presentes o deputado estadual Davi Zaia; o coordenador da Cati, José Carlos Rossetti; o coordenador da Agencia Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta) e o coordenador do MB II, João Brunelli Jr.

Por Eli dos Santos
Foto: João Luiz

Mais informações
Assessoria de comunicação

 

 

Galeria do Flickr

Nenhuma imagem disponível.

Galeria do Site

Nenhum áudio disponível.

Informações:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo
(11)5067-0069

Acompanhe a Secretaria: