Integração com municípios para promover gestão ambiental é destacado pelo vice-governador, em seminário VerdeAzul

Postado em: 03/05/2017 ás 16:27 | Por: Comunicação SAA

Integração com municípios para promover gestão ambiental é destacado pelo vice-governador, em seminário VerdeAzul (foto: João Luiz)A integração e o apoio do governo do Estado de São Paulo aos municípios para garantir a preservação ambiental e a produção agropecuária sustentável foi destacado pelo vice-governador do Estado de São Paulo e secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Márcio França, e os titulares das Pastas de Agricultura e Abastecimento, Arnaldo Jardim, e do Meio Ambiente, Ricardo Salles, durante o Seminário do Programa Município VerdeAzul, realizado na Agrishow 2017, nesta quarta-feira, 3 de maio de 2017, em Ribeirão Preto.

O projeto visa medir a eficiência da gestão ambiental com a descentralização e valorização da agenda ambiental nos municípios, estimulando e auxiliando as prefeituras na elaboração e execução de políticas públicas estratégicas para o desenvolvimento sustentável.

“A integração entre a agricultura e o meio ambiente é fundamental para promover o desenvolvimento do agronegócio paulista”, afirmou Márcio França.  “Há um grande esforço para fazer a preservação das áreas, o que não é possível sem o apoio dos municípios”, complementou o vice-governador.

O secretário Arnaldo Jardim ressaltou que a questão ambiental é uma grande vertente da agricultura paulista. “Estamos representados pela nossa estrutura de pesquisa, extensão rural e defesa agropecuária, para promover a produção agropecuária sustentável, como nos orienta o governador Geraldo Alckmin”, afirmou.

Para Ricardo Salles, o projeto, que completa dez anos, busca sanar as dificuldades das prefeituras, formando consórcios para gerenciar a destinação de recursos, com participação dos prefeitos e vereadores. “Neste ano, conseguimos aumentar de R$ 1,5 milhão para 15 milhões o valor repassado pelo Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição para os municípios que participam do programa, dez vezes mais para equipamentos e maquinários para o desenvolvimento de projetos em junho, setembro e dezembro aos municípios mais bem colocados”, explicou.

De acordo com o prefeito de Ribeirão Preto, Antonio Duarte Nogueira Junior, “apesar de 99,7% da população estar em área urbana e 0,3% em zona rural, o município tem mais de 500 hectares de área de preservação permanente, além de mantermos ações de manutenção de recursos hídricos, para trazer maior qualidade de vida tanto a toda a população”, afirmou.

Por: Paloma Minke
Fotos: João Luiz

 

Galeria do Flickr

Nenhuma imagem disponível.

Galeria do Site

Nenhum áudio disponível.

Informações:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo
(11)5067-0069

Acompanhe a Secretaria: