Governo do Estado presente em Espírito Santo do Pinhal: secretário de Agricultura e Abastecimento visita o município e fortalece o agro na região

Postado em: 10/09/2019 ás 10:34 | Por: Paloma Minke



Com uma agenda positiva, de reuniões com empresários, lideranças rurais e autoridades da região, o secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Gustavo Junqueira, acompanhado pela secretária-executiva, Gabriela Chiste, cumpriu um cronograma extenso no município, que tem no agro a base de sua economia.

Recebidos pelo prefeito municipal, Sérgio Del Bianchi Júnior, Gustavo Junqueira e Gabriela Chiste conheceram um pouco da história da cidade de 45 mil habitantes, localizada a 200km da capital paulista, que, aos 170 anos, teve seu desenvolvimento ligado à cultura do café e, atualmente, está investindo em diversas frentes para se consolidar como uma nova referência do turismo paulista com base na pujança de sua cultura, do legado da cafeicultura e das novas atividades agrícolas que despontam como a produção de vinhos finos e seu parque industrial, que gera e exporta tecnologia ligada ao agro.

“Esta visita expressa o compromisso do Governo do Estado com o agro paulista, que é uma das pautas centrais das ações para o pleno desenvolvimento sustentável de São Paulo. E nós, como Secretaria de Agricultura, estamos trabalhando para estreitar os laços entre toda a cadeia do agro, trazendo para a mesa de debates os produtores, a iniciativa privada e o poder público, para construir o desenvolvimento com foco na qualidade, ampliando ainda mais o vigor do agro paulista, que é uma das principais fontes geradoras de emprego, renda e riquezas. E esse desejo de trabalhar com afinco em uma engrenagem bem afinada vimos aqui em Espírito Santo do Pinhal, que em sintonia com uma frase que há muito ouvi: ‘tradição não quer dizer imobilismo’, mostra que, apesar de sua rica tradição cultural, o município está com olhar e trabalho direcionados para o futuro”, destacou o secretário de Agricultura e Abastecimento.

A secretária-executiva Gabriela corroborou a avaliação, ressaltando: “Visitamos lugares e pessoas que, com suas histórias, conhecimentos e experiências, nos permitiram pensar em estratégias para oferecer mais agilidade e desenvolvimento ao nosso agro”.

Visitas e reuniões

No primeiro compromisso do dia, na visita à Vínícola Guaspari, premiada internacionalmente pela qualidade e excelência na produção de vinhos finos e com vocação para o enoturismo, o secretário e a secretária-executiva, em reunião com a diretora-executiva da empresa, Fabrícia Zucherato, e autoridades municipais, ao conhecerem a estrutura para o sucesso da empresa, lançaram bases para uma parceria público-privada de difusão de tecnologia, conhecimento, gestão de produção e mercado, visando consolidar o Estado de São Paulo como polo produtor de vinhos finos.

A motivação para o debate de uma futura parceria foi a constatação do trabalho de vanguarda da Guaspari, que, com investimento em tecnologia e muita dedicação, concretizou o sonho de produzir vinhos brasileiros de altíssima qualidade em uma região não tradicional, com um projeto iniciado em 2006, quando foram plantadas as primeiras videiras, escolhidas de variedades francesas como Cabernet Sauvignon, Chardonnay, Merlot, Pinot Noir e Syrah.

“Atualmente, os 50 hectares de vinhedos são divididos em 12 terroirs distintos, demarcados em função da especificidade dos microclimas existentes para expressar toda a qualidade e tipicidade de cada uva. Uma das grandes inovações do projeto da Vinícola Guaspari foi a transferência da safra para o inverno, com a utilização de tecnologia de dupla poda, quando a amplitude térmica, a insolação e a ausência de chuvas são semelhantes às das grandes regiões vinícolas do mundo”, explica Fabrícia, diretora-executiva da Vinícola, salientando que a visita foi produtiva, pois o objetivo comum é de fortalecer a produção rural no município e região, em todas cadeias, criando um polo de desenvolvimento regional com base na vocação agrícola e na sua localização geográfica privilegiada, tanto pela proximidade com os grandes centros como pelas belezas naturais”.  

Incentivo à parceria público-privada

As visitas realizadas na Palini Alves - indústria de máquinas e equipamentos para processamento de café, cacau, castanhas e cereais, que além de contribuir significativamente com o mercado interno, exporta tecnologia nacional em máquinas e equipamentos para dezenas de países -, e na Pinhalense  -  indústria com tecnologia de ponta na produção de máquinas para diversos segmentos, tendo como carro-chefe o café, e que tem máquinas em operação em quase 100 países para clientes de todos os portes, foram um espaço de incentivo para estreitar laços da iniciativa privada e do poder público.

Na mesa de conversas, temas como linhas de financiamento alinhadas às necessidades dos produtores, com agilidade no processo de acesso ao crédito.

Educação é primordial

Com foco nas novas gerações, o secretário Gustavo Junqueira e a secretária-executiva Gabriela estiveram na mais antiga Escola Agrícola em funcionamento no Estado, a Etec Dr. Carolino da Motta e Silva, onde conversaram e interagiram com mais de 200 alunos e professores. Em uma palavra de motivação, destacando a importância do investimento em educação de qualidade desde o ensino básico até a formação técnica e universitária em áreas ligadas ao agro, o secretário afirmou que “a educação é a chave da mudança de paradigmas para o desenvolvimento sustentável”.

Encontro com lideranças rurais e autoridades da região

Após uma visita à Câmara Municipal, onde conversou com o presidente da casa, José Gilberto Viola, vereadores locais e de outros municípios, acolhendo solicitações, principalmente ligadas à melhoria da infraestrutura de estradas rurais e fortalecimento da produção agrícola, o secretário participou de um encontro com lideranças rurais, como a da Associação Paulista de Criadores de Suínos, sediada em Espírito Santo do Pinhal, representantes da área de educação e da iniciativa privada e prefeitos da região, no qual pôde ter um retrato das demandas locais.

A cada público, o secretário se dirigiu de uma forma clara e singular. Aos produtores, ao ressaltar a produção sustentável nos âmbitos sociais, econômicos e ambientais, afirmando que produção e meio ambiente devem caminhar juntos: “O produtor rural é o protagonista do novo ambientalismo”. Aos educadores, disse: “A sociedade é rica porque tem educação, e Pinhal é um exemplo com investimento em educação e uma universidade com grande tradição”. Ao salientar a importância da iniciativa privada, destacou a relevância da indústria Pinhalense, ao destacar que de “quatro xícaras de café consumidas, três passam por suas máquinas”.

De acordo com o secretário, o Estado é um prestador de serviços, que precisa cada vez mais ouvir a inciativa privada, as comunidades e o poder público municipal, para prestar um serviço de qualidade nas áreas que devem ser primordiais, como é o agro.  “A minha experiência com essa visita foi muito rica, pois na vida o que importa é fazer amigos e contar histórias, e fizemos isso aqui: revimos amigos, conhecemos outros e muitas histórias, levando na bagagem um compromisso de estreitar cada vez mais os laços”, disse, salientando a importância da presença dos diversos prefeitos de municípios da região, enfatizando a relevância do desenvolvimento regional.

Para o prefeito Sérgio Del Bianchi, a visita foi muito significativa, pois trouxe a prospecção de futuras parcerias. “Além de ser o primeiro membro do secretariado do governo do Estado a vir à nossa cidade, o fato de ser o secretário de Agricultura tornou tudo ainda melhor, pois o agronegócio é a base de nossa fundação como município e do desenvolvimento não só da nossa economia, como também de outras cidades da região. Acreditamos que o secretário será o embaixador dos nossos pleitos junto ao governador João Doria e a Secretaria um instrumento catalisador de ações conjuntas de desenvolvimento sustentável”, afirmou, encerrando a programação no Palácio do Café, patrimônio cultural que conta com um museu com a história dessa cultura e dos imigrantes.

Por Cleusa Pinheiro – Jornalista – Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável

Galeria do Flickr

Nenhuma imagem disponível.

Galeria do Site

Nenhum áudio disponível.

Informações:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo
(11)5067-0069

Acompanhe a Secretaria: