Em 10 anos de atividade, Aplique Bem treinou 60 mil agricultores para aplicação correta de defensivos

Postado em: 02/05/2017 ás 19:07 | Por: Comunicação SAA

Espaço do Aplique Bem na Agrishow 2017 (foto: Paulo Prendes)Em 10 anos de atividade, o Programa Aplique Bem já treinou 60 mil agricultores sobre a maneira correta de aplicar defensivos agrícolas. Para 2017, a expectativa é que 350 atividades a campo sejam realizadas em todo o País. Hoje, na Agrishow 2017, foi realizada solenidade comemorativa do aniversário do Programa, que reuniu os secretários estaduais de Agricultura e Abastecimento, Arnaldo Jardim, e de Meio Ambiente, Ricardo Salles, representantes de cooperativas e produtores. O Aplique bem é uma iniciativa da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, por meio do Instituto Agronômico (IAC), em parceria com a empresa Arysta LifeScience.

A bordo de três laboratórios móveis, chamados de Tech Móveis, os técnicos do Aplique Bem já rodaram 800 mil quilômetros e treinaram os agricultores brasileiros a realizar a aplicação de defensivos agrícolas de maneira correta. "Com isso, é possível preservar a saúde do aplicador, preservar o ambiente e melhorar a qualidade dos alimentos para os consumidores", explicou Hamilton Humberto Ramos, pesquisador da Secretaria, que atua no IAC.

Durante a cerimônia de aniversário, Arnaldo Jardim, destacou o orgulho de a Secretaria de Agricultura desenvolver um programa como o Aplique Bem, com impactos sociais e ambientais. "Além disso, é um programa que congrega a parceria da instituição pública com a iniciativa privada. Isso é um exemplo muito positivo", afirmou.

De acordo com Ricardo Salles, São Paulo é exemplo de equilíbrio entre o ambiente e a produção. "São Paulo teve crescimento na área de cobertura vegetal e na produtividade. O Estado é referência em mostrar que a agricultura pode ser feita de forma harmônica com o ambiente. O Aplique Bem é mais uma faceta desse trabalho", disse.

Arnaldo Jardim também comentou sobre a importância do trabalho do IAC junto à Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e empresas para promover a qualidade dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI) usados no campo. "Muitos produtores deixam de utilizar os equipamentos seja pelo calor ou pela dificuldade de realizar o trabalho com aquela proteção. O IAC tem realizado um trabalho extraordinário nessa área junto a eles e a empresas fabricantes", disse.

De acordo com o pesquisador do IAC, o diferencial do Aplique Bem está em sua equipe altamente qualificada, que consegue transferir conhecimentos e tecnologias ao produtor de forma simples, em seu ambiente de trabalho e com os equipamentos que ele já utiliza em seu dia a dia. "Várias empresas já tentaram iniciativas parecidas como o Aplique Bem, mas o nosso programa se diferencia por levarmos conhecimento de uma forma simples e didática ao produtor", explica Ramos.

10 anos de sucesso no Brasil e no Exterior

Além de treinar os agricultores brasileiros no uso racional de defensivos agrícolas, o Aplique Bem se internacionalizou com a realização de atividades na Colômbia, México, Costa do Marfim, Burkina Faso, Gana, Mali e Vietnã. "Na África, onde a agricultura é de subsistência, o Aplique Bem tem uma função social muito importante. Já ouvimos relatos de participantes que disseram que após o programa, conseguiram mandar seus filhos para a escola. Isso é impagável", afirmou Líria Hosoe, gerente de registro e Stewardship da Arysta.           

De acordo com Marcelo Zanchi, gerente de marketing da Arysta, o Aplique Bem começou como um programa nacional e hoje atinge níveis globais na empresa. "O caráter social e socioambiental nos move. O Aplique Bem é um programa vitorioso por proporcionar aprendizado e responsabilidade social na otimização do uso de defensivos", afirmou. 

Ramos contou que quando iniciou o projeto não imaginava o sucesso que seria. "Quando assinamos um protocolo de intenções entre IAC e Arysta em 2007, na Agrishow, não conseguíamos dimensionar o sucesso que seria o Aplique Bem. Hoje comemoramos os primeiros 10 anos do programa", disse.

Por Fernanda Domiciano

Galeria do Flickr

Nenhuma imagem disponível.

Galeria do Site

Nenhum áudio disponível.

Informações:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo
(11)5067-0069

Acompanhe a Secretaria: