Agricultores do Alto Tietê e Vale do Paraíba acessam verba emergencial da Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Postado em: 23/05/2019 ás 13:30 | Por: Kevin

Produtores de olerícolas, frutas e arroz das regiões do Alto Tietê e do Vale do Paraíba já acessaram mais de 75% dos recursos disponibilizados pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo para recuperar a lavoura afetada pelas chuvas deste ano. A Linha de Custeio Emergencial foi lançada em abril pelo secretário Gustavo Junqueira em Mogi das Cruzes (leia mais aqui).

No total, 75 produtores dos municípios de Biritiba Mirim, Caraguatatuba, Guararema, Guaratinguetá, Mogi das Cruzes, Monteiro Lobato e Salesópolis já se cadastraram para acessar R$ 3.092.600,00 dos R$ 4 milhões da linha de custeio emergencial oferecida pelo governo paulista.

O secretário de Agricultura e Abastecimento Gustavo Junqueira afirma que a ação da Pasta visa auxiliar a retomada do crescimento da agricultura na região. “O Estado deve ser um indutor do desenvolvimento e do empreendedorismo, permitindo que os produtores possam recuperar suas atividades”, afirmou.

Produtor de 13 variedades de hortaliças folhosas em Salesópolis, Gervásio Warikoda já vinha enfrentando prejuízos com geadas e granizo nos anos anteriores, mas as intensas chuvas ocorridas no início de 2019 fizeram com que o agricultor não tivesse condições de quitar suas dívidas. “Neste ano, tivemos várias enchentes. O crédito emergencial nos ajudará com o custeio da produção, na compra de insumos e fertilizantes para retomar a nossa produção”, explicou Warikoda, que administra os negócios da família com a ajuda da esposa e, eventualmente, dos filhos, que fazem faculdade. A produção dele abastece supermercados e feiras locais.

Além de Warikoda, que foi o primeiro a ter o crédito de R$ 60 mil aprovado, aguardam a liberação dos recursos cinco fruticultores, que solicitaram recursos no valor total de R$ 285.000,00, 65 olericultores, que requisitaram R$ 2.514.000,00 e cinco rizicultores, cujos projetos demandarão o valor total de R$ 293.600,00. A estimativa da Pasta é de que cerca de 500 produtores tiveram algum prejuízo com as chuvas intensas nas regiões.

Até 30 de junho, os produtores do Alto Tietê e Vale do Paraíba, tanto pessoas físicas quanto jurídicas, podem solicitar os recursos, limitado a R$ 60 mil cada.  Basta procurar orientações com os técnicos da Casa da Agricultura do município, que fornecerão auxílio para o desenvolvimento do projeto e para realizar os trâmites junto às instituições financeiras.

O pagamento poderá ser feito em até cinco anos, com carência de até dois anos e taxa de juros de 3% anuais. Já a liberação dos recursos do Fundo de Expansão do Agronegócio Paulista (Feap) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento será imediata.

 

 

 

Galeria do Flickr

Nenhuma imagem disponível.

Galeria do Site

Nenhum áudio disponível.

Informações:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo
(11)5067-0069

Acompanhe a Secretaria: