Projeto Horta Educativa


São mais de 350 escolas paulistas participantes do projeto, que também busca integrar os pais para incentivar toda a família a adotar hábitos saudáveis de alimentação. O curso propicia aulas teóricas e práticas sobre o preparo do espaço onde a horta será instalada, além de palestras com nutricionistas e engenheiros, que focam a importância de uma alimentação saudável.

Na etapa seguinte, as instituições recebem material pedagógico com manuais de instruções e atividades interativas para os pais, crianças, coordenadores e cuidadores da horta e dois kits de sementes orgânicas que são plantados pelas crianças.

Nas hortas educativas, os alunos cultivam alface, rabanete, rúcula, chicória, couve, salsa, abobrinha, abóbora, beterraba, cenoura e cebolinha. Além de fazer a colheita, realizam atividades com as turmas para o preparo de receitas com os alimentos.