Planeta Inseto inaugura nova atração em São Paulo: laboratório de ciências

Postado em: 09/02/2018 ás 16:29 | Por: Hélio Filho

Corrida de baratas é uma das principais atraçõesO Planeta Inseto, único zoológico de insetos do Brasil, comemora seus oito anos de fundação e a chegada da marca de 180 mil visitantes com a inauguração de mais uma atração: um laboratório de ciências. O evento para inaugurar o espaço será realizado em 15 de fevereiro de 2018, às 14h. O Planeta Inseto é mantido pelo Instituto Biológico (IB-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, e fica localizado na Avenida Dante Pazzanese, 64, Vila Mariana, São Paulo, Capital. Na mesma data, será lançado em São Paulo o e-book “Formigas em Ambientes Urbanos do Brasil”, que tem o IB como um dos editores. O download pode ser feito clicando aqui.

Segundo Harumi Hojo, pesquisadora do IB e responsável pelo Planeta Inseto, a ideia é que o público, principalmente as crianças, tenha a oportunidade de conhecer um laboratório utilizado nas pesquisas científicas. “Teremos três microscópios e o objetivo é que o público conheça por meio deles alguns organismos entomopatogênicos que ocorrem na agricultura. O IB é referência brasileira em controle biológico, que consiste em utilizar determinados organismos entomopatogênicos para combater pragas, reduzindo e até mesmo eliminando o uso de agroquímicos”, explica.

A ideia é que o público conheça essa tecnologia, considerada sustentável e que tem crescido 20% ao ano. “O controle biológico tem forte contribuição para a redução do impacto ambiental, diminuição dos custos de produção e melhoria social, com a proteção da saúde dos trabalhadores rurais. Queremos que o público urbano conheça essas tecnologias e saiba o impacto delas na vida das pessoas”, afirma Harumi.

Além da nova sala, a mostra do Instituto Biológico também passou por melhorias, como a nova ambientação da sala do bicho-da-seda, novo baratódromo – usado para a tradicional corrida de baratas –, e mudanças nas bancadas de exposição dos insetos, para que eles sejam mais visíveis pelas crianças pequenas. “Todas essas melhorias buscam tornar o ambiente mais atrativo para a transferência de conhecimento”, diz a responsável pelo Planeta Inseto.

Outras atrações

A exposição Planeta Inseto disponibiliza ao público outras 25 atrações. De forma lúdica e interativa, o público recebe informações sobre o quanto os insetos estão presentes no cotidiano e sua importância para o ambiente, produção de alimentos e saúde humana. “Existem mais de um milhão de espécies de insetos conhecidos e acredita-se que há mais de sete milhões a serem identificadas. Eles representam mais da metade no nosso planeta. Apenas as formigas ocupam 15% do peso da Terra”, afirma Antonio Batista Filho, diretor-geral do Instituto Biológico.

A mostra tem como público-alvo crianças e adolescentes de 3 a 16 anos, mas recebe visitantes de todas as idades. O público pode conhecer quatro espécies de abelhas sem ferrão e baratas praticando corrida, lagartas tecendo fios de seda, formigas trabalhando em sistema organizado e o bicho-pau, que se assemelha a gravetos.

Sediado no Museu do Instituto Biológico, o Planeta Inseto conta com autorização de criação, manejo e exposição de insetos emitida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e pela Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo. Desde a inauguração, em 2010, o Planeta Inseto já recebeu mais de 370 mil visitantes, no museu físico e itinerante, e é certificado pela norma ISO 9001:2008 para divulgação científica e cultural em entomologia.

Para o secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, a ação contribui para a educação ambiental. “O Planeta Inseto é uma exposição muito importante, pois mostra a importância dos insetos em diversas áreas. De forma lúdica, é possível sensibilizar as pessoas sobre a necessidade de preservação do ambiente e que é possível realizar uma agricultura harmônica com o ambiente. Diminuir a distância entre os institutos de pesquisa e a população é uma diretriz do governador Geraldo Alckmin”, afirma Arnaldo Jardim.

Livro: Formigas Urbanas

Durante o evento no Planeta Inseto, o Instituto Biológico lançará a obra “Formigas Urbanas”, de autoria dos pesquisadores do IB Ana Eugênia de Carvalho Campos, João Justi Junior e Francisco José Zorzenon, que traz informações sobre bioecologia, sistemática, comportamento e controle das principais espécies de formigas que vivem no ambiente urbano como a lava-pés, cortadeira e fantasma.

A publicação é totalmente ilustrada e traz uma chave pictórica, com fotos das formigas e de suas partes, para melhor identificação das espécies. “O livro tem como público-alvo pesquisadores que trabalham com formiga, assim como professores, profissionais controladores de pragas, estudantes e interessados em geral, mas as informações também podem interessar o público leigo, que conseguirá identificar, por exemplo, qual espécie de formiga está ocorrendo em sua casa e utilizar as técnicas mais eficientes de controle para aquela espécie”, explica Justi.

De acordo com Justi, a obra é fruto das pesquisas desenvolvidas pelo Instituto Biológico na área e também de informações obtidas pelos pesquisadores por meio de consultas de empresas e pessoas que relatam a ocorrência de formigas em suas casas. “O IB é referência brasileira em pragas urbanas e é frequentemente requisitado pela população em geral, como também por empresas e instituições como museus, por exemplo, que sofrem com a ocorrência desses insetos”, diz.

O livro impresso poderá ser adquirido a um custo de R$ 35 no Instituto. Os interessados devem entrar em contato com o Instituto Biológico pelo e-mail negocios@biologico.sp.gov.br e telefone 5087-1739.

Por Giulia Losnak 

Galeria do Flickr

Nenhuma imagem disponível.

Galeria do Site

Nenhum áudio disponível.

Informações:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo
(11)5067-0069

Acompanhe a Secretaria: