Governo apresenta no dia 19 dados censitários agrícolas e acompanhamento online do comércio de agroquímicos

Postado em: 12/03/2018 ás 17:54 | Por: Paloma Minke

Lupa detalha a produção paulistaO Governo do Estado de São Paulo apresentará os dados do levantamento censitário realizado na agropecuária paulista no próximo dia 19, segunda-feira, a partir das 13h, no Palácio dos Bandeirantes, na Capital, durante o “Ato pela Agricultura - alimento, renda e futuro!”, realizado pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento. No evento também será lançado o sistema online de acompanhamento da comercialização de agroquímicos. As inscrições podem ser feitas clicando aqui.

O Levantamento de Unidades de Produção Agropecuária do Estado de São Paulo (Lupa) é um estudo completo da realidade social, econômica e ambiental da agropecuária paulista realizado pela Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati) da Secretaria a cada 10 anos. Os números a serem apresentados no Ato, finalizados neste ano, servirão de base para a construção de iniciativas em prol da produção.

O estudo mensura itens importantes como o número de unidades de produção, área cultivada, população da zona rural, infraestrutura e produção agropecuária. Também fornece informações agrupadas por temas específicos em nível municipal como: tipo de culturas, tipo e número de tratores, número de empregados na propriedade, acesso a bens materiais (como computadores).

O Banco de Dados do Lupa fornece informações sobre mais de 300 mil propriedades rurais, e possibilita a geração de mapas e gráficos com essas informações. Em sua segunda edição, em 2008, o Levantamento alcançou 324.720 unidades produtivas.

Mais segurança

O Ato também contará com o lançamento de plataforma digital de controle de comercialização de agroquímicos. O controle será executado pela Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA) da Pasta, por meio do sistema eletrônico Gestão de Defesa Animal e Vegetal (Gedave), para impedir o comércio e o uso de produtos ilegais, que podem causar danos ao meio ambiente e a quem os aplica.

Os dados constarão no Gedave, permitindo que a Defesa controle o fluxo de produtos dentro do Estado. Essas informações devem ser fornecidas pelos fabricantes, revendedores e pelos produtores. O produtor deverá cadastrar as culturas que desenvolve em sua propriedade. O lojista deve informar qual a quantidade e os tipos de defensivos adquiridos por seu estabelecimento. Quem não informar fica impedido de vender ou comprar.

“Ato pela Agricultura - alimento, renda e futuro!”: 19/3, a partir de 13h
Entrada gratuita
Palácio dos Bandeirantes: Avenida Morumbi, 4500 – Morumbi – São Paulo (SP)

Galeria do Flickr

Nenhuma imagem disponível.

Galeria do Site

Nenhum áudio disponível.

Informações:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo
(11)5067-0069

Acompanhe a Secretaria: