29ª edição da Festa do Milho, em Jaci, une agricultura e solidariedade

Postado em: 16/04/2018 ás 17:35 | Por: Paloma Minke

O secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Francisco Jardim, representou o governador Márcio França na 29ª Festa do Milho, realizada no dia 15 de abril, em Jaci. Um dos maiores eventos gastronômicos da região de São José do Rio Preto, a festa é realizada pela Associação e Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus, integrando o calendário oficial de eventos do Estado. Mais de 100 mil pessoas visitaram a Festa, nos dois finais de semana de sua realização.

Na oportunidade, Francisco Jardim foi recebido pelo Frei Francisco, fundador da associação que organiza a festa desde 1990, e tem como foco o tratamento de pessoas com dependência química. “A tradicional Festa do Milho é um evento de grande relevância para o calendário turístico da região, por destacar a importância do milho, um dos principais produtos da agropecuária paulista, e ao mesmo tempo, por ser um evento beneficente, que se reverte em ações para a própria sociedade”, afirmou o titular da Pasta Estadual.

O evento foi criado com o objetivo de envolver a comunidade nos trabalhos da Associação, estimular a solidariedade e despertar o olhar para os mais necessitados. Ao todo, cerca de dois mil voluntários trabalham na festa, na qual o público consome cerca de 150 toneladas de milho, utilizado para o preparo de 15 tipos de quitutes servidos nas barracas.

O valor revertido com as vendas é destinado a cerca de 70 entidades filantrópicas e hospitais em todo o País e que atendem, inclusive, missões na Amazônia e no Haiti.

Milho
Importante na alimentação animal, o milho está entre os primeiros colocados no Valor da Produção Agropecuária (VPA), calculado pelo Instituto de Economia Agrícola (IEA), da Pasta, e subiu da 8ª para a 7ª colocação entre os 53 principais produtos da agropecuária no Estado.

Dados do IEA demonstram que a produção paulista de milho em 2015 foi de 1.520.393 sacas de 60 quilos. Na safra 2016/2017, o Brasil ficou entre os três principais produtores, de acordo com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), produzindo 98.500 toneladas do grão, sendo que a produção dos Estados Unidos foi de 384.778 toneladas e da China, 219.554 toneladas.

Ainda de acordo com análise do IEA (disponível aqui), com uma demanda doméstica praticamente igual à da safra anterior, espera-se que, em 2018, os estoques estadunidenses de milho sejam reduzidos, assim como o volume do cereal destinado à exportação, o que abre espaço para os milhos argentino e brasileiro.

Por: Paloma Minke

Galeria do Flickr

Nenhuma imagem disponível.

Galeria do Site

Nenhum áudio disponível.

Informações:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo
(11)5067-0069

Acompanhe a Secretaria: